Segurança e Manutenção Elétrica para Ar Condicionado

Muito se fala de incêndios em aparelhos de ar condicionado. Entretanto, os riscos de incêndio raramente se encontram dentro dos equipamentos, e sim geralmente estão associados a instalações elétricas sobrecarregadas. Esta sobrecarga pode advir com ligação em excesso de qualquer eletrodoméstico, por exemplo, ou mesmo ser resultado de instalações elétricas malfeitas ou fora das Normas Técnicas.

Assim, podemos esclarecer quais são as providências que um profissional deve tomar, ao se deparar com uma instalação de um Mini Split ou mesmo um ACJ:

Serviços relacionados com eletricidade demandam profundo conhecimento técnico por parte dos profissionais.
Serviços relacionados com Instalação e Manutenção de Ar Condicionado, são atividades da área de Engenharia Mecânica.
Assim, para um profissional que atue com instalação de ar condicionado, e que pretenda prestar também serviços de instalação elétrica, é importante que detenha a necessária experiência e imprescindível qualificação para estas atividades.

Um profissional que, portanto, detenha estas qualificações, deve primeiramente verificar qual a potência elétrica máxima do ACJ ou Mini Split que irá instalar. Verificar os requerimentos adicionais que constam no Manual do Fabricante. De posse destas informações, deverá inspecionar o local e selecionar cabos, disjuntores etc.

Também, com posse destas informações, avaliar se a rede elétrica no local, apresenta condições de suportar um novo condicionador. Para isto, são várias verificações:

Deve-se verificar o quadro de energia da casa ou apartamento, para checar se é possível instalar o disjuntor dedicado, além de avaliar se este quadro de energia tem capacidade de suprir esta demanda elétrica adicional. Uma checagem nos disjuntores, fusíveis, cabos de alimentação e medições elétricas podem indicar a compatibilidade ou não.

Para casos de apartamentos, é importante também verificar as condições de fornecimento de energia do condomínio, verificando as possíveis restrições com o Zelador ou Síndico, e ainda verificar se os Quadros de Energia do prédio comportam as eventuais demandas elétricas adicionais.

A instalação deve ser elaborada, de acordo com as recomendações das Normas existentes.

As recomendações devem seguir o contido na Norma ABNT NBR 5410. Sempre utilizar cabos de boa qualidade, com conectores adequados, que geralmente são terminais do tipo pino.

Evitar sempre emendas. Caso seja necessário, as emendas devem seguir as boas práticas com trabalhos elétricos, e muito bem isoladas.

Uso de régua de terminais também é bastante indicado.

Em especial para instalação de ACJ, que já vem com um “plug” de 3 pinos de 20 Ampères, é imprescindível instalar uma tomada padrão ABNT de 3 pinos para também 20 A.

Da mesma forma, dependendo do tipo de Mini Split, o uso de uma tomada de 3 pinos, 20 A também pode ser recomendável.

Para uma proteção mínima do sistema elétrico contra sobrecargas, usar disjuntor de capacidade adequada é uma boa medida.

A instalação do fio-terra também é imprescindível para assegurar proteção elétrica contra choques.

Equipamentos bem instalados, com aterramento eficiente e com seus terminais e conexões bem isoladas, geralmente são suficientes para a proteção em geral.

As ferramentas básicas para uma boa instalação e boa manutenção das partes elétricas, devem estar de acordo com as normas de isolação elétrica. Recomendamos no mínimo, o seguinte:

Alicate universal, alicate de corte, descascador de fios, alicate prensa-terminais;
Chaves de fenda e Phillips, com proteção de borracha. Chaves de fenda e Phillips bitola 1/8”, para apertos de terminais, também isoladas (chave-sindal).
Alicate-amperímetro e multímetro;
Chave de fenda com LED indicador de fase;
A manutenção elétrica é imprescindível para assegurar a segurança das operações de climatizadores de qualquer capacidade.

Verificações mensais do estado dos terminais, disjuntores, cabos, emendas e componentes elétricos em geral.

Deve-se avaliar se não existem aquecimentos anormais destes componentes, substituindo-os de imediato, caso se constate irregularidade.

Deve-se verificar também, se os disjuntores estão com seus terminais bem apertados, e que não exista carbonização em nenhum componente.

Atenção também para as rotinas de manutenção da ABNT NBR 13.971.

Medições de corrente e tensão também são importantes para se ter o cenário completo da instalação, e intervir se necessário, como por exemplo, se notarmos aumento substancial da corrente de operação.

Existem algumas Normas Brasileiras, que tratam destes aspectos.

A Norma em geral para instalações de Ar Condicionado, é a NBR 16.401.

Para as instalações elétricas, observar a NBR 5410.

Para atividades de manutenção de climatizadores, a referência é a NBR 13.971.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *